MASSACRE BH METAL FEST

flyer5

BANDAS CONFIRMADAS –

Divine Death – (Death Metal) – Belo Horizonte (MG)
Mortifer Rage – (Death Metal) – Belo Horizonte (MG)
Pathologic Noise – (Death Metal) – Belo Horizonte (MG)
Scalped – (Death Metal) – Belo Horizonte (MG) .
Coffinfeeder – (Death Metal) – Sabará (MG) .
Human Abomination – (Death Metal) – Belo Horizonte (MG) .
Escoria – (Death Metal) – Paraopeba (MG) .
Embryonic Dismemberment – (Death Metal) – Belo Horizonte (MG).

Endereço :

Dia : 12 de março (sábado) de 2016 .
Local : Azuz in Rock Bar . (Azuzinho Rockbar) .
Cidade : Belo Horizonte (Minas Gerais) .
Bairro : Santa Terezinha .
Av: Santa Terezinha .
Numero : 1169 .
Horas :A partir das 14:00 horas .
Entrada : R$25,00 (Somente no local e pagamento em dinheiro) .

VULCANO: confirmado pela terceira vez no Live Evil Festival.

 

1000176_10152915517490431_792214293_n

O Live Evil é um festival de metal verdadeiro 100% inspirado por Fenriz do DARKTRHONE e sua paixão pela a cena do metal. O evento convida apenas bandas selecionadas por Fenriz em seu “Band of The Week”.

Pela primeira vez em sua história ocorrerá uma edição fora de seu país de origem, a Inglaterra. O festival acontecerá na Alemanha e mais uma vez contará com a presença da lendária banda VULCANO. Será a terceira participação da banda brasileira no evento e a única banda a participar em duas edições inglesas, em 2010 e 2014. O evento ocorre desde 2009 e é um dos mais aguardados pelo público europeu, conhecido por sempre colocar clássicas bandas do cenário Underground em seu cast, desta vez traz 15 grandes bandas, além do VULCANO, também estão confirmadas como headliners as bandas Manilla Road e Bulldozer. Confira o cartaz do evento:

Fonte: Heavy metal online

LEIA MAIS

CANCER: ingressos restantes para único show no Brasil.

12562909_931206333593703_1642461058_o-724x1024

Foram necessários 28 longos anos para que a banda inglesa CANCER finalmente pudesse desembarcar e estrear no Brasil. A única apresentação do renomado grupo no país está confirmada para o próximo dia 27 de fevereiro, na Clash Club, em São Paulo. Este show terá um requinte especial, pois marca o encerramento da primeira turnê de John Walker (vocal/guitarra), Ian Buchanan (baixo) e Carl Stokes (bateria) pela América do Sul. Além da capital paulista, o grupo também vai passar por Venezuela, Colômbia, Equador, Chile, Argentina e Peru.

O repertório desta excursão deve ser calcado nos três primeiros álbuns To the Gory End (1990), Death Shall Rise (1991) e The Sins of Mankind (1993), que recentemente foram relançados pela Cyclone Empire Records. O evento também contará com a participação das bandas brasileiras TORTURE SQUAD, CAUTERIZATION e CEMITÉRIO. Os ingressos custam R$ 85,00 (pista promocional – 2º lote), R$ 120,00 (pista inteira – 1º lote) e R$ 100,00 (mezanino + meet & greet – 1º lote) e continuam à venda pelo site da Ticket Brasil (https://ticketbrasil.com.br/show/3605-cancer-sp/ingressos/), além de pontos autorizados em São Paulo, Santo André, São Bernardo, São Caetano, Osasco, Diadema, Guarulhos, São Mateus, Sorocaba e Santos. Mais informações no serviço abaixo.

Site relacionado:
http://www.facebook.com/CancerBandUK
https://www.facebook.com/cronosentertainment2

BLACKNING: termina composição de novo álbum.

7a057ab7-47d6-40ef-b70e-853ebcdfd36b

A BLACKNING, banda de thrash metal de Santo André (SP), acaba de finalizar as composições das músicas para o sucessor de Order Of Chaos, álbum lançado no Brasil em Dezembro de 2014 via Vingança Music. O segundo Full-length, ainda sem título, será gravado durante os meses de Fevereiro e Março nos estúdios Acústica (São Caetano do Sul/SP) e El Diablo (São Paulo/SP), e o lançamento acontecerá até meio deste ano de 2016.

A banda, que acaba de regressar de sua bem-sucedida “Order Of Chaos Brazilian Tour” – uma turnê que contou com 12 shows e que passou por 9 diferentes estados do país -, está em processo de pré-produção junto ao produtor Fabiano Penna (Rebaelliun), o mesmo que produziu o primeiro álbum do grupo.

Veja abaixo os vídeos para as faixas Unleash Your Hell e Thy Will Be Done, retiradas do álbum Order Of Chaos:

Mais informações: http://www.blackning.com/

PARADISE LOST – Symphony for the lost

536296

Em 2015 o Paradise Lost comemorou em grande estilo duas vezes os seus 25 anos de atividade desde o debut. A primeira foi o lançamento do excelente The plague within, que resgata a sua sonoridade dos primórdios. A segunda está nestes excelentes CD e DVD lançado em luxuoso e lindo formato digipack. Symphony for the lost registra o show da banda no antiguíssimo Teatro Romano de Plovdiv, na Bulgária, em setembro de 2014. Ambos CD e DVD são divididos em dois sets, sendo o primeiro com a banda acompanhada pela Opera Estatal de Plovdiv e o Coro Rodna Pesen, e o segundo apenas com a atuação da banda. Não bastasse o teatro ser um local fantástico ideal para tal show, a execução de sons como Tragic Idol, Last regret, Over the madness, Gothic e Victim of the past (do recente álbum) foi magnânima acompanhada pela orquestra, em alguns momentos dando um toque de sutileza e em alguns outros realçando a densidade das músicas. No segundo set a sequência também foi de tirar o fôlego, destacando-se The enemy, Erased, Faith divide us Death unite us, True belief e The last time. Todos os integrantes da banda estão tocando em alta interatividade e a performance do vocalista Nick Holmes é um especial a parte. Para coroar tudo ainda há no DVD um documentário a respeito do evento. Que ainda venham muitos shows como este pela frente. Nota: 9,0  

Por Écio Souza Diniz

Faixas: CD 1:  1-Tragic Idol / 2-Last Regret / 3-Your Own Reality / 4-Over the Madness / 5-Joys of Emptiness / 6-Victim of the Past / 7-Soul Courageous / 8-Gothic

CD 2:  1-The Enemy / 2-Erased / 3-Isolate / 4-Faith Divides Us, Death Unites Us / 5-As I Die / 6-One Second / 7-True Belief / 8-Say Just Words / 9-The Last Time

DVD: 1-First Half (with orchestra) / 2-Second Half (without orchestra) / 3-Documentary

VIOLATOR: mini-turnê europeia em Abril de 2016.

violator-web
Os thrash maníacos do VIOLATOR estarão na Europa nesta primavera para uma mini tour com 4 shows incluindo apresentação no SWR Barroselas Metalfest de Portugal.

Estes shows serão os primeiros do Violator na Europa desde o lançamento do disco Scenarios of Brutality, seu mais recente lançamento. A banda está preparando um setlist focado neste trabalho, mas que contará também com diversos clássicos da sua discografia, incluindo sons do disco Chemical Assault que completa seu décimo aniversário este ano.

Violator:
https://www.facebook.com/Violatorthrash

Roadmaster Booking:
www.roadmasterbooking.com

ANEUROSE: confirmado retorno à Salvador neste mês de fevereiro.

Aneurose

A banda mineira ANEUROSE foi confirmada na edição 2016 do Festival Palco do Rock, que acontece anualmente no carnaval de Salvador. O Palco do Rock Festival é realizado anualmente na cidade do Salvador, com o patrocínio do Governo do Estado da Bahia e com o apoio da Prefeitura Municipal de Salvador. O festival segue sua linha tradicional e acontecerá entre os dias 06 e 09 de fevereiro, durante o período do Carnaval da Bahia, desta feita na praia do Jardim de Alah.

A ANEUROSE se apresentará na segunda-feira, dia 08 de fevereiro, às 21h30, e contará com um set list baseado no seu debut, o álbum From Hell. Para mais informações sobre as atividades da banda ANEUROSE e dos demais clientes da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Links Relacionados:
http://msmetalagencybrasil.com/ptbr/artista-aneurose

ÓDIO AO EXTREMO: confirmado em grande festival de Salvador

12592765_540983899403215_7567770308456963603_n
A banda mineira ÓDIO AO EXTREMO foi confirmada na edição 2016 do Festival Palco do Rock, que acontece anualmente no carnaval de Salvador. O Palco do Rock Festival é realizado anualmente na cidade do Salvador, com o patrocínio do Governo do Estado da Bahia e com o apoio da Prefeitura Municipal de Salvador. O festival segue sua linha tradicional e acontecerá entre os dias 06 e 09 de fevereiro, durante o período do Carnaval da Bahia, desta feita na praia do Jardim de Alah.

O ÓDIO AO EXTREMO se apresentará na terça-feira, dia 09 de fevereiro, às 22h30, e contará com um set list baseado no seu vindouro debut, o álbum “Animal”. Para mais informações sobre as atividades da banda ÓDIO AO EXTREMO e dos demais clientes da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Links Relacionados:
http://msmetalagencybrasil.com/ptbr/artista-odio-ao-extremo

VULTURE WINGS: lança o single “Necrophagous Majesty”.

10983861_637104469753179_8409386707424077820_n

A banda de Death metal VULTURE WINGS oriunda Teresópolis-RJ acaba de lançar o single Necrophagous Majesty em seu Bandcamp – vulturewings.bandcamp.com – um som do vindouro EP Funeral Grounds que será lançado em 2016 ainda sem data definida. O som é calcado no mais puro Death metal com influências da velha guarda inglesa e sueca, e a letra fala sobre um futuro distópico onde a humanidade assume sua vil existência e ao praticar a necrolatria coroa o abutre como sua nova majestade!

O EP já está finalizado e foi gravado, mixado e masterizado por Daniel Escobar (Grave Desecrator, Nervochaos, Lacerated And Carbonized) no HR Estúdio (Rio de Janeiro). E a arte da capa está a cargo de Augusto Miranda (O Mito da Caverna, Reiketsu, Napalm Raid (CAN), Slaughter (CAN)) e também será lançada em breve. Atualmente a banda está a procura de algum selo para parceria de possível lançamento.

Mais informações: https://www.facebook.com/vulturewings.official/?ref=ts&fref=ts

MX: Versões dos clássicos “Simoniacal” e “Mental Slavery” em CDs digipacks.

mx 1111
No final de 2015, a gravadora Vingança Music colocou no mercado a versão digipack de Simoniacal, o clássico álbum de estreia do MX, lançado originalmente em 1988. Essa versão, além de várias fotos e arte da época, traz de bônus as 9 músicas da demo The Carrion Of Religion, que nunca havia sido lançada, antes – claro que por ser a primeira demo da banda, lançada em 1986, a qualidade não é aquele primor das gravações atuais, mas vale pelo documento histórico!
A nova versão de Simoniacal pode ser encontrada em várias lojas da Galeria do Rock, ou diretamente com a banda por meio de seu Facebook oficial:
https://www.facebook.com/MX-Brasil-640424862656712/?fref=ts

A versão digipack para Mental Slavery – clássico, originalmente lançado em 1989 – está programada para ser lançada entre os meses de Fevereiro e Março deste ano. E assim como em Simoniacal, Mental Slavery terá material exclusivo na parte gráfica, além de músicas bônus. Além desses lançamentos, a Vingança Music pretende lançar outros projetos em parceria com a banda, que será divulgado em breve.

JUPITERIAN – Aphotic

1452429905_a3729435831_10

Atenção aos adoradores de um excelente som das profundezas: o Brasil tem mais um grupo de peso e qualidade para contribuir para o nosso Doom metal. Trata-se da paulista JUPITERIAN, que surgiu em meados de 2013, composta por caras que se intitulam apenas como V (guitarra e vocal), A (guitarra), R (baixo) e G (bateria). Aqui neste debut há pouco lançado, o que eles fazem com maestria é misturar um Doom pesado e primitivo, numa pegada bem Sludge. A gravação soa crua e cavernosa de uma forma muito bem feita, dando a tônica necessária à proposta musical que seguem.  E como dá gosto ouvir músicas aterradoras como Permanent grey e Daylight, com seu solo desesperante. Em Proclamation a atmosfera beira o desespero e o medo, com quebradas nos tempos coberturas por uma massa vocálica extremamente sorumbática, o que se intensifica na faixa titulo. Para fechar Drag me to my grave é mais curta e fácil de assimilação, lembrando PARADISE LOST dos tempos de Gothic (1991). Não tenha duvida, vá atrás deste CD, que um dia será clássico. Nota: 9,0 

Por Écio Souza Diniz 

Faixas: 1-Permanent gray / 2-Daylight / 3-Proclamation  / 4-Aphotic / 5- Drag me to my grave

Mais informações:

http://blackholeprods.com/pt/portfolio/jupiterian/

KRUCIPHA – Hindsight square one

Krucipha---Hindsight-Square-One

Em Hindsight square one, debut dos curitibanos da KRUCIPHA, você irá encontrar um Thrash metal rápido, pesado e amparado por uma massa sonora composta de elementos do Death metal, Groove e algumas influências de música brasileira. Diante do fato que esta é uma banda relativamente nova, formada em 2009, uma das provas da qualidade do som que fazem foi terem dividido palco com bandas como CLAUSTROFOBIA, PROJECT 46, SEPULTURA e CAVALERA CONSPIRACY. O trabalho desempenhado por Fabiano Guolo (vocal e guitarra), Luís “RazorB” Ferraz (guitarra), João Ricardo Cavali (baixo e vocal), Felipe Nester (bateria) e Jgör Nosnyój (percursão e vocal) fornecem oito musicas furiosas, bem estruturadas e com ótima qualidade de gravação.  É só colocar o CD pra rodar e os riffs pesados e rápidos acompanhados por alternância entre vocais guturais e urrados de Greater good parasite já invadem lhe rasgando os ouvidos, dando sequencia para os riffs cortantes e solos inspirados de Pulse. Há influencias de Chico Science em Tribal war, que também tem uma pegada voltada ao Hardcore Nova Yorquino e também lembrando bandas como o HATEBREED, o que também é a pegada de Denial. De Indigenous self à Afforddiction as músicas vão ficando mais agressivas e essa mescla com Hardcore fica mais nítida ainda, com ótimos pedais duplos da batera. O fechamento com Reason lost é com aquela levada bem SEPULTURA dos tempos de Roots. Aliás, para quem curte esse tipo de Thrash há muito disso aqui. Imagine só o estrago que estes caras fazem ao vivo… Nota: 8,5

 Por Écio Souza Diniz

 Faixas: 1-Greater good parasite / 2-Pulse / 3-Denial / 4-Indigenous self / 5-The warning / 6-Afforddiction / 7-Tribal war / 8-Reason lost

DARK WITCH – Circle of blood

wcoM1QYl

A paulista Dark Witch que já está na ativa desde 2001 chega aqui no seu debut. Formada por Bil Martins (HELLISH WAR; vocal e baixo), Décio Andolini (guitarra), Cesar Antunha (guitarra) e André Kreidel eles mandam ver num Metal pesado, alto, rápido e com melodias inteligentes. Aos adeptos de um bom Heavy metal mesclado ao Power e Speed/Thrash, as músicas remetem em ordem a nomes como HAMMERFALL, HIBRIA, ICED EARTH, BRUCE DICKINSON, MANOWAR, RUNNING WILD e GRAVE DIGGER. Essa consistência sonora é embalada por letras que narram sobre batalhas, ocultismo e lendas como, por exemplo, dragões. A dinâmica das 12 faixas autorais é heterogênea, o que não as torna repetitivas, porém, mantendo o peso como característica central a todas elas. Logo no começo da audição há a trinca das primeiras faixas, composta pelas rápidas e marcantes faixa-título e Wild heart e a muralha sonora de Master of fate. Também ouça com atenção a pegada tradicional de Stronghold, Liberty is death com suas belas passagens mais cadenciadas alternadas com rapidez, Lighthouse reaper com um começo quase Thrash. Mas se achou esta pesada, ouça Death rain, um Thrash puro.  Para coroar tudo há a épica To valhalla we ride e o cover para Voz da consciência do Harppia. Se dúvida, vá atrás e ouça! Nota: 9,0 

Por Écio Souza Diniz 

Faixas: 1-Circle of blood / 2-Wild heart / 3-Master of fate / 4- Cauldron / 5-Firestorm / 6-Stronghold / 7-Blood sentence / 8-Liberty is death / 9-Lighthouse reaper / 10-Death rain / 11-Siegfried / 12-To valhalla we ride / 13-A voz da consciência (HARPPIA cover)

BROTHERS OF SWORD – United for metal

brothers-of-sword_united-for-metal-500x500

BROTHERS OF SWORD é um projeto audacioso lançado em 2015 e comando pelo baixista Fabio Paulinelli da banda mineira GREY WOLF, cujo objetivo foi reunir ótimas bandas do cenário do True Metal brasileiro, evidenciando influencias por nomes como MANOWAR, MANILLA ROAD, GRAVE DIGGER, RUNNING WILD, entre outras. O baixista fez todas as bases do baixo e comandou a bateria programada. O que você vai constatar neste álbum são temas de Metal épico, abordando temas de batalha, com riffs bem elaborados, excelentes vocalistas e coros característicos do estilo. A qualidade de gravação está ótima, limpa, clara e com tudo bem timbrado e equalizado. Todas as linhas de guitarra foram construídas por Luiz Camargo (OUTLAW). Desde a introdução com o majestoso instrumental de Brotherhood (Marching to battle) feita por YURI FULONE você já irá se empolgar para receber nos ouvidos bons decibéis de Metal forjado em aço e sangue com The song of victory, com o vocal áspero e grosso de Paulinelli. Na sequência, vem a rápida e melódica Berserkers, cantada pelo excelente vocalista Arthur Migoto (HAZY HAMLET) e The Cyclope é mais cadenciada e totalmente épica, com belíssimos coros e o vocal grave de Perter Kelter (THUNDERLORD). A espada selvagem, cantada em português no vocal de Daniel Wallançuella (CRUZADAS), remete aos tempos áureos do metal nacional nos anos 80, executado por bandas como CENTURIAS, HARPPIA e SALÁRIO MÍNIMO. Nesta pegada, porém, mais rápida e com riffs cortantes caminha Bravo, sob o vocal de Raziel Stanley (TÚMULO DE AÇO). O fechamento com todos os vocalistas cantando juntos e repartindo partes de Brothers of the sword é de dar gosto de ouvir. Mais uma perola para a posteridade. Nota: 9,0

 Por Écio Souza Diniz 

Faixas: 1-Brotherhood (Marching to battle) / 2-The song of victory / 3-Berserkers / 4-The cyclope / 5-A espada selvage / 6-Bravo / 7- Brothers of the sword.

HILLBILLY RAWHIDE – Ten years on the road

tencd

Se você curte um bom Hillbilly, o típico som tocado por pessoas de zonas rurais montanhosas dos Estados Unidos, certamente irá gostar dos curitibanos do HILLBILLY RAWHIDE. Eles mesclam essa vertente Country com Rock primordial e Boogie woogie (Nota: vertente do Blues na qual era típico o uso sincopado da mão esquerda do piano) e aqui em Ten years on the road (2013), quinto álbum, eles celebram os seus até então 10 anos de estrada. O grupo formado atualmente por Mutant Cox (vocal, guitarra e violão), Mark Cleverson (violino e vocal), Joe Ferriday (piano e vocal), Osmar Cavera (baixo acústico), Juliano Cocktail (bateria e cajón) e Marcos Traad (harmônica (participação especial)) sem dúvida lhe garantiram boas doses de diversão por meio 13 músicas que irão lhe embalar uma agradável tarde com os amigos e bebendo uma gelada ou uma cachaça, especialmente se isso for feito num sítio. Dentre os destaques estão: Uma cerveja, uma cachaça e um remedinho, Drunk and stoned com sua pegada malandra de música de ‘Saloon’, Hillbilly treasure com uma pura atmosfera ‘Western’, a balada Fallin’ down again com suas belas bases de guitarra e levada suave, a irreverente Honky Tonky Lino’s, Cavaleiros da morte e sua guitarra com riffs de duelo e a hilária E agora, Johnny?. Gravação excelente, produção bem feita, profissionalismo de sobra e bastante alto astral. São estes fatores que tornam este disco tão legal. Ouça quantas vezes puder, o difícil é enjoar. Nota: 9,0 

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Bull beer theme / 2-Uma cerveja, uma cachaça e um remedinho / 3- Drunk and stoned / 4-Longe sem dinheiro / 5-Hillbilly treasure / 6- Cavaleiros da estrada / 7-Fallin’ down again /8-Honky Tonk Lino’s / 9-Lost and found / 10-Cavaleiros da morte / 11-Monkey’s cage / 12- Boogie woogie no hospital / 13-E agora, Johnny?

KRAPPULAS – Psychoworld

Krappulas Capa

O KRAPPULAS, oriundo de Curitiba, certamente é uma das pioneiras no Psychobilly tão bem difundido no sul do Brasil, estando há mais de 20 anos na estrada. Psychoworld (2012) é o terceiro álbum da banda, que à época era composta por Breno (vocal), David Ernst (guitarra), Manolo (baixo de pau e backing vocal) e Cris (bateria e backing vocal) e marca o retorno às gravações de um álbum de estudio desde Escape from hell (2002). O que você vai ouvir aqui é um Psychobilly direto e sem firulas, com o seu elemento punk em bastante evidencia. Mas o que mais chama a atenção é o profissionalismo e o entrosamento entre os músicos, fazendo tudo soar muito coeso e bem alinhado. Se você quer agressividade Earthquake, Shocked, Torture e Reincarnation cumprem bem este papel e em termos mescla inteligente entre rapidez, agressividade e elementos do Rockabilly, Devil dead é a bola da vez. Mas se quer técnica, Hassassin faz bonito, especialmente na cozinha da banda. Não espere pausa para respirar, pois não terá nenhum um segundo. Sem duvida, este álbum foi uma ótima forma da banda celebrar suas até então duas décadas de atividade. Nota: 8,5 

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Hell / 2-Shocked / 3-Hassassin / 4-Caring about / 5-Earthquake/ 6-Krappulas / 7-Torture / 8-Just let me be alone / 9-Green fairy is dead / 10-Reincarnation / 11-Devil dead

99NOIZAGAIN – Dust Rock EP

0001055167_10

O grupo 99NOIZAGAIN foi formado em 2013 em Curitiba por David Ernst (KRÁPPULAS; guitarra e vocal), juntamente com dois membros do SICK SICK SINNERS, Mutant Cox (baixo e vocal) e Emiliano Ramirez (bateria e vocal). Aqui neste EP o som rola em torno da mescla de Rock, punk, Psychobilly, Surf music e Metal. A abertura com a instrumental Ayuaska é bem na levada surf mesclada com Metal, seguida pela rápida e nervosa Nine nine com seu andamento bem punk e Metal, com riffs dobrados em estilo Psychobilly. Dry snow é quase totalmente punk. Os pedais da bateria de Salty roger é com os dois pés socados no Metal, mas com uma inteligente ligação com linhas do baixo que vão por um rumo mais surf. A outra música instrumental, Road fever, é um Rock/Metal numa levada tipicamente MOTÖRHEAD, relembrando a clássica Orgasmatron. A medonha Bad vibrations fecha com bom humor e peso. Talento não é pro problema para esses caras logo chegarem ao debut. Nota: 8,0 

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1- Ayuska / 2- Nine nine / 3- Dry snow / 4-Salty roger / 5-Road fever / 6-Bad vibrations

SICK SICK SINNERS – Unfuckinstoppable

cover_zps8ad5424d

O SICK SICK SINNERS surgiu em 2005 em Curitiba das cinzas da renomada bandaOS CATALÉPTICOS, com o objetivo de continuar mandando ver na sua mescla de Psychobilly com Punk, Hardcore e Metal. O talento inegável de Vlad (guitarra e vocal), Mutant Cox (baixo acústico e vocal) e Emiliano Ramirez (bateria e vocal) já os levou para turnês nacionais e internacionais, passando por Europa, Estados Unidos, México, Argentina e Chile. Em Unfuckinstoppable, seu terceiro disco, lançado em 2014 pela Crazy Love Records, os caras lançaram um produto de boa qualidade de gravação, técnica, feeling, adrenalina e boas doses de bom humor. Logo na abertura Coffee freak entra a rápida numa pegada Hardcore/Psychobilly, seguida na mesma pegada por Where is my baby girl, cujas linhas de baixo são muito bem construídas. O andamento cadenciado de Wild party in hell é um dos melhores momentos do disco, seguida pelas alternâncias entre distorções agressivas e bastante punks de We wanna drink some more. A instrumental faixa-título mostra a técnica e sincronia dos musicas. Certamente, Bacon seed é a mais hilária de todas e com um clima contagiante. O fechamento fica por conta de Wasted everyday com excelente linha de baixo no inicio e riffs na escola do Thrash metal. Recomendadíssimo. Nota: 9,0 

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1- Coffee Freak / 2- Where is my baby girl / 3- 3 demons at my door / 4-Six feet underground / 5- Wild party in hell / 6-Same breed / 7-We wanna drink some more / 8- Unfuckinstoppable / 9-Bacon seed / 10-Wasted everyday

MACUMBAZILLA – Macumbazilla

10557468_264399750435742_2494415720304040646_n

Oriunda de Curitiba, a MACUMBAZILLA é formada por André Nisgoski (guitarra e vocal), Carlos “Piu” Schner (baixo) e Fred Duba (bateria), músicos já conhecidos na cena local por suas passagens nos anos 90 e 2000 por bandas como RESIST CONTROL e AMF. O que a banda apresenta neste EP lançado em outro de 2015 e masterizado por Roy Z (BRUCE DICKINSON, JUDAS PRIEST, SEPULTURA, entre outros) é um Rock denso, pesado e cadenciado, fazendo uso de uma mescla de elementos do Groove, Stoner e Doom, impressão esta que fica clara na faixa de abertura The ritual.  Já na segunda faixa, a pesadíssima Blood, beer and broken teeth há uma pegada mais na linha Hardcore melódico de bandas como BAD RELIGION mesclada com Rock and roll clássico. Pra fechar há uma volta a pegada mais densa e Stoner em King without a crown, mesclada com Art Rock de bandas como o TOOL. O debut intitulado Colossus está previsto para ser lançado ainda no primeiro semestre de 2016 e conterá 10 músicas. Se seguirem a formula desta excelente estreia que aqui mostraram, com certeza a aceitação será imediata.  Nota: 8,5

 Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1- The ritual / 2- Blood, beer and broken teeth / 3- King without a crown

METALMORPHOSE: já gravando o novo álbum.

metalmorphose_promopic_1-620x264

E a Máquina não pára! Mal acabou de lançar o álbum Fúria dos Elementos (2015), o METALMORPHOSE já está em estúdio gravando o novo álbum, que tem previsão de lançamento para este ano.
Já foram finalizadas todas as partes de bateria e baixo e a banda se prepara para as gravações das guitarras ainda neste mês. “Da mesma forma que no Fúria, todas as 12 músicas são bem diferentes entre si. Resgatamos ‘Prelúdio Metálico’ dos anos 80 e finalmente gravamos esta música, que era muito tocada no início”, comenta a banda. Em breve mais informações.

Sites relacionados:

www.metalmorphose.com.br

Fonte: Metal Media

TYGERS OF PAN TANG + PICTURE: show em Curitiba em Março.

12604679_654874717949563_4780949676079526757_o

Aos fãs de NWOBHM e Heavy tradicional, especialmente aqueles residentes no sul do Brasil, não percam a super dobradinha Metal com TYGERS OF PAN TANG e PICTURE. O evento ocorrerá no John Bull Pub em Curitiba (PR), dia 11 de Março de 2016 às 20 horas.

Pontos de venda:

-Monstros do Rock
-Let’s Rock
-Túnel do Rock

Venda online: Ticket Brasil

Até às 18:00, haverá o link de venda de ingressos online e nos próximos dias estarão disponíveis nos pontos de venda anunciados.

Mais informações: www.openroadagency.com

TOKYO BLADE + SATAN: datas para tour sul-americana disponíveis.

95

E como prometido pela agência OPEN THE ROAD, eis que são anunciadas as datas de duas importantíssimas bandas da NWOBHM. A turnê contará com a parceria com EVIL CONFROTATION do Chile. Se você é adepto do velho e tradicional metal e trabalha com eventos, agende logo sua data.

As datas disponíveis vão de 17 a 22 de Maio de 2016.

Agendamento e Informações: contato@openroadagency.com / opentherodtour@gmail.com

Mais informações: www.openroadagency.com

BLAZE BAYLEY: retorno à América Latina nos meses de Junho e Julho

BLAZE BAYLEY 2016

O carismático vocalista BLAZE BAYLEY retorna à América Latia nos meses de Junho e Julho, em duas etapas, sendo a primeira de 16 a 26 de Junho e a segunda nos dias 07 a 23 de Julho.
Ele estará promovendo o lançamento de seu oitavo álbum de estúdio, Infinite Entanglement.
Blaze Bayley tem uma carreira de bastante prestigio entre os fãs brasileiros, onde sempre toca em casas praticamente sold out, cruzando o país de Norte a Sul.
No repertório dos shows, estarão músicas de sua elogiada carreira solo, além de sucessos de seus tempos a frente do Iron Maiden.
A última vez que ele esteve aqui, foi em Janeiro de 2015, no aclamado projeto “Metal Singers”, onde fez uma tour de sucesso ao lado dos vocalistas Tim “Ripper” Owens, Udo Dirkscheider e Michael Vescera.

Assista um vídeo dele na Colômbia em 2015:
https://www.youtube.com/watch?v=gmWc9eweIr4

Em breve serão divulgadas as primeiras datas da turnê.

Informações & Booking – contato@openroadagency.com
www.openroadagency.com

ROÇA ‘N’ ROLL: Seleção de bandas para edição 2016, que acontece em maio.

1453400310

Os roçers já podem preparar suas mochilas e cobertores! A 18ª expedição do Roça ‘n’ Roll está confirmada para o dia 28 de maio, durante o feriado de Corpus Christi. O palco do maior festival de Rock/Metal de Minas Gerais continua sendo a Fazenda Estrela na cidade de Varginha-MG.

E antes do anúncio oficial da programação, a organização abre inscrições para escolha de grupos com trabalho autoral nos segmentos de Rock, Punk/HC, Hard Rock e Metal. Para participar da seleção, as bandas interessadas devem possuir EP ou álbum oficial lançado. O prazo final de envio do material é dia 5 de fevereiro.

A inscrição será realizada por meio de preenchimento e envio de formulário de inscrição disponível no site oficial do Roça ‘n’ Roll juntamente com pelos menos três músicas próprias para o e-mail rinhadoroca@gmail.com. Todo material enviado será ouvido por uma curadoria especializada e o resultado deve ser divulgado no dia 15 de fevereiro. O formulário pode ser baixado diretamente do link abaixo.

http://www.rocainroll.com/wp-content/uploads/2012/09/formula…   LEIA MAIS