DORSAL ATLÂNTICA: documentário sobre a banda disponível.

570180

Já com quase 35 anos desde seu surgimento a história da DORSAL ATLÂNTICA e sua fundamental importância no início do som pesado brasileiro. Sua fidelidade e versatilidade dentro do Thrash/Crossover, dos quais ajudaram a solidificar as bases em nosso país, foi mostrada através de um história de garra e luta no underground nacional que concretizou nove álbuns de estúdio. Mesmo que o livro “Guerrilha – a história da Dorsal Atlântica” tenha sido uma das grandes obras que relatam o nosso cenário underground, ainda faltava que algo mais abrangente sobre tudo o que envolve a importância da banda fosse relatada por figuras diversas da cena. E é exatamente disso que trata o documentário em DVD duplo, “Guerrilha – a trajetória da Dorsal Atlântica”, custeado por meio de uma campanha de financiamento coletivo bem sucedida, da qual participaram principalmente os fãs. Em Junho de 2016, com quase três anos de atraso o DVD finalmente está disponível e foi também enviado aos colaboradores da campanha, que foram ainda compensados com o CD single O retrato de Dorian Gray, contendo a musica homônima/inédita e uma regravação da clássica Guerrilha. O documentário é bem estruturado, constituindo-se de uma linha cronológica da história da banda, contada especialmente por seu líder, Carlos “Vândalo” Lopes, tendo interceptações de grandes nomes do Metal, punk e Hardcore nacional como João Gordo (RATOS DE PORÃO), Marcos Dantas (AZUL LIMÃO) e Max Cavalera e a participação de jornalistas e críticos de importantes mídias especializadas no Brasil como a ROCK BRIGADE e ROADIE CREW. Também há a participação de ex-membros como os dois ex-bateristas Marcos Animal e Guga Távora contando sobre seus tempos na banda. No segundo DVD ‘making of’ do álbum 2012 no mini-documentário MMXI é apresentado de forma bastante interessante e clara sobre a interação da formação clássica (Carlos-vocal e guitarra, Cláudio Lopes-baixo e Hardcore-bateria) durante sua composição. Além disso, foram incluídos todos os clipes lançados pela banda, inclusive o mais recente para a música Stalingrado de 2012, e shows históricos como o do “Ginástico” em Belo Horizonte em 1986 e o do “Monsters of Rock 1998”.  Não bastasse todo esse rico conteúdo, os DVDs vêm embalados num livreto muito legal com os envolvidos na produção discorrendo sobre todo o processo de gravação. Que mais documentários assim sejam feitos sobre a nossa rica cena metálica brasileira.

Por Écio Souza Diniz

Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.