12º HEAVY FEST: edição especial e internacional

13909341_10206648107098106_1600049413111452228_oAcontecerá em Conselheiro Lafaiete, no dia 09 de setembro a décima segunda edição do tradicional Heavy Fest. O festival que é promovido pela Sabazim Produções esse ano contará com a apresentação da banda argentina de Melodic Death Metal DRACONIS, que estará em turnê brasileira apresentando seu novo disco The Awakenning of the Deads (2014) que será lançado na Europa pelo selo londrino Secret Service Records. Completam o line-up as bandas REVENGIN (Symphonic Metal – Rio de Janeiro), FOR BELLA SPANKA (Gothic Rock – Belo Horizonte), 2 DEDO (Heavy Rock – Mariana) e a banda estreante nos palcos DOWNFALL (Groove Metal – Conselheiro Lafaiete).

SERVIÇO COMPLETO:

12º HEAVY FEST

DRACONIS (Melodic Death Metal – Argentina)

REVENGIN (Symphonic Metal – Rio de Janeiro)

FOR BELLA SPANKA (Gothic Rock – Belo Horizonte)

2 DEDO (Heavy Rock – Mariana)

 DOWNFALL (Groove Metal – Conselheiro Lafaiete)

DATA: 09/09/16 (Sexta-Feira)
HORÁRIO: 21 Horas
LOCAL: Boate do Clube Santa Cecília-Rua Tavares De Melo,395,centro,Conselheiro Lafaiete/MG

INGRESSO ANTECIPADO: 25 REAIS
INGRESSO NA PORTARIA: 30 REAIS

POSTOS DE VENDAS:
CONSELHEIRO LAFAIETE: BAR DO BANHA-Praça Barão De Queluz,150,centro

CONGONHAS: 3G GAMES-Rua Padre Antônio Correa,69,loja 07,Quarteirão Açominas

OURO BRANCO: MAD HOUSE EMPÓRIO ALTERNATIVO-Av.Mariza De Souza Mendes,650 loja 106,2° piso

Realização: SABAZIM PRODUÇÕES
INFORMAÇÕES: (31) 98883 3052 e https://www.facebook.com/events/236745190051674/

ÓDIO AO EXTREMO – Animal

Odio-Ao-Extremo1

Direto da cidade sul-mineira, Lavras, o ÓDIO AO EXTREMO, formado em meados de 2012, chega rasgando o verbo neste debut com um Crossover/Hardcore direto, cru e sem concessões. Atualmente composta por João Mário (vocal), Samuel (guitarra), Bruno Lelis (que entrou no lugar de Stênio, o baixista que participou da gravação) e Hauny (bateria), a banda arregaça as mangas para através de sua porrada sonora tratar de temas sócio-políticos que hoje assolam a humanidade. A gravação e produção de uma forma geral obtiveram boa qualidade, destacando ainda mais o peso e agressividade das músicas. A faixa Atentado terrorista, que também recebeu o primeiro vídeo clipe promocional da banda, chega arrebentando tudo com uma pegada que oscila claramente entre o Thrash old school e Grindcore a lá NAPALM DEATH. Na sequência, a faixa-título não deixa por menos e é calcada no Thrash de nomes como CLAUSTROFOBIA e EXODUS (com Rob Dukes), mostrando um final avassalador inesperado. Em Descartável o hardcore influenciado especialmente por RATOS DE PORÃO arrebenta os ouvidos. Mas o ponto alto de ódio contínuo e ininterrupto é comandado pela trinca H’odeio, Palhaçada generalizada e Merda, que também se destacam em técnica e dinâmica variada. Em Futuro do Brasil é traçada com fúria um bom panorama caótico de nosso país e a nossa luta e resistência para viver aqui. Com um refrão marcante, Não entoa um grito brutal contra qualquer subordinação e alienação gananciosa da sociedade. Para fechar com uma cacetada só, Nóia discorre sobre uma das maiores complicações sociais que o Brasil possui atualmente: o crack. A batera é algo que se destaca com força em todas as músicas, não só pelo seu peso, mas suas viradas diversificadas e  precisas. São discos assim que mantêm a força histórica do som extremo mineiro e agregam qualidade ao underground nacional. Nota: 9,0

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Kaos/ 2-Atentado terrorista/ 3-Animal/ 4-Descartável/ 5-H’odeio/ 6-Palhaçada generalizada/ 7-Merda/ 8-Na real/ 9-Inverno nuclear/ 10-Futuro do Brasil/ 11-Não/ 12-Palestina/ 13-Nóia

EU ACUSO! – Síndrome de Estocolmo

1EU

Os gaúchos do EU ACUSO! atacam novamente com este segundo trabalho em formato de EP, mantendo seu som pesado e visceral, composto por uma mescla bem sacada de Heavy metal e vocal na linha do Rap, embalados por altas doses de Groove que dá a tônica a sonoridade. A banda já imprimiu sua identidade no primeiro álbum, Liberdade presumida (2013), e aqui eles a consolidam ainda mais. Afinal, não seria de esperar menos de um grupo formado por músicos experientes que já participaram de nomes de peso da cena gaúcha como Sacrário, Leviaethan, Panic, Distraught, Alchemist e Kaus do Porto. Atualmente, o time é composto por Sandré  Sarreta (vocal), Marcelo Cougo (baixo e vocal), Carlos Lots (guitarra) e Ale Mendes (bateria). Aqui a banda pega como o ponto embasamento para as músicas a “Síndrome de Estocolmo”, um estado psicanalítico no qual o indivíduo que passa por tortura ou intimidação demasiadamente intensa desenvolve como mecanismo de defesa do subconsciente um sentimento de apego pelo torturador ou intimidador. A intensão da banda foi fazer uso desse tema para transcrever a angustiante existência do nosso tempo, especialmente no Brasil, cercados por corrupção, violência extrema e constante, drogas e medo. A pedrada certeira já entra com Síndrome, com bases e refrão marcantes. Marcha dos patifes é outra que discorre de forma inteligente sobre a situação insólita de nosso país. De volta as ruas, uma música numa pegada Stoner e com passagens mais cadenciadas numa onda Space Rock, versando sobre as pessoas que tomam frentes e se mobilizam por um mundo melhor. Uma das melhores letras é a de Nações, que fala sobre a não subjugação de povos nativos a invasores/colonizadores. Toda essa riqueza de conteúdo tem uma identidade forte sob o vocal de Sarreta, que se encaixa perfeitamente a proposta musical. Para completar, como parte da ideologia da banda, o álbum está disponível para download gratuito em seu site oficial. Mais um ótimo trabalho para figurar nos melhores do ano. Nota: 9,0

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Intro/ 2-Síndrome/ 3-Minha palavra/ 4-Marcha dos patifes/ 5-Vigiar e punir/ 6-De volta as ruas/ 7-Nações

http://www.euacuso.com.br/

BROKEN & BURNT: novo álbum disponível gratuitamente para audição.

_DSC0068-Editar-Editar

Após uma espera de três anos, os capixabas da BROKEN & BURNT quebram o silêncio com um trabalho maciço, soturno e complexo como o monstro que o inspirou. Baseado no livro “Frankenstein”, de Mary Shelley, o álbum “It Comes to Life” nos brinda com nove músicas que passeiam entre as diversas influências da banda, que vão do Grunge ao Stoner Funeral Doom, de NIRVANA e ALICE IN CHAINS a MELVINS e HORN OF THE RHINO.
A banda surgiu em 2011 e deu a luz ao seu bem sucedido primeiro full-lenght, “Let The Burning Begin”, em 2012. O quarteto formado por Hugo Ali (guitarra e voz), César Schroeder (guitarra), Denis Coelho (baixo) e Apache Moons (bateria) já tocou ao lado de uma série de grandes bandas nacionais, como KRISIUN, CONFRONTO, CLAUSTROFOBIA, VIPER e MACACO BONG. Em 2013 lançaram o Split-EP “Stolen/Unsober”, com a banda BLACKSLUG.
Foram cerca de dois anos gastos no processo de composição, gravação e produção do segundo álbum, que mostra uma banda muito mais madura, com total controle da própria sonoridade, entregando ao ouvinte um registro extremamente bem produzido e detalhista, mergulhado na atmosfera sombria da obra-prima do horror.

Ouça o disco no link abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=RvVCy3QyDiQ
-Facebook: https://www.facebook.com/BrokenandBurnt

Documentário sobre a revista VALHALLA disponível online

Valhalla

“A Valhalla sempre foi muito fiel aos leitores e aos fãs do Metal”. Essas são as palavras de Rafael Bittencourt, guitarrista do ANGRA, a respeito da revista Valhalla, uma das principais publicações impressas especializadas em rock e heavy metal editadas no Brasil de 1996 a 2007.

 A história da publicação é tema de um curta-metragem dirigido por Lucas Gervilla e Marta Schneider que foi lançado em Junho com quatro exibições nos cinemas de Sorocaba/SP. Intitulado “VMM – Valhalla Metal Magazine”, o curta reúne entrevistas com pessoas que fizeram parte da equipe da revista, como o fundador e editor Eliton Tomasi, o fotógrafo Flávio Hopp, o colunista Amyr Cantusio Jr, além de personalidades do rock nacional, como o já citado Rafael Bittencourt, o proprietário da Die Hard Records, Fausto Mucin, entre outros.

Com produção executiva de Vinicius Vieira Tomasi, o projeto foi beneficiado com recursos da “LINC” – Lei de Incentivo a Cultura – da cidade de Sorocaba, onde a revista foi fundada e empre manteve sua redação.  Além das exibições no cinema, o documentário “VMM – Valhalla Metal Magazine” teve 1500 cópias físicas em DVD distribuídas gratuitamente e agora está disponível no Vimeo: https://vimeo.com/170790681     LEIA MAIS

MAESTRICK: novo EP homenageia Chris Squire com medley do YES.

Capa_The Trick Side Of Some Songs_Maestrick

No último dia 27 de Junho completou-se um ano da morte do glorioso ex-baixista do YES, Chris Squire. Fãs assumidos do grupo inglês e do baixista, os músicos da banda paulista MAESTRICK decidiram prestar um justo tributo a Squire com a gravação de um medley do Yes intitulado “Yes, It’s A Medley”.  Essa não é a primeira homenagem feita pelo MAESTRICK. Em 2015, na ocasião do aniversário de cinco anos do falecimento de Ronnie James Dio, o grupo lançou uma regravação de “Rainbow Eyes”, do RAINBOW, que contou com a participação da Orquestra Belas Artes.

Tanto “Yes, It’s A Medley” quanto “Rainbow Eyes” fazem parte do tracklist do EP “The Trick Side Of Some Songs” que o MAESTRICK lançou recentemente e que também reúne versões para outros clássicos de BEATLES, PINK FLOYD, QUEEN e JETHRO TULL.

Para conferir “Yes, It’s A Medley”, acesse: https://youtu.be/GEcz-sCmliM

 Já em termos de palco, o MAESTRICKfaz o show oficial de lançamento do EP “The Trick Side Of Some Songs” na próxima quinta-feira, dia 04 de Agosto, no Vila Dionisio em São José do Rio Preto/SP. Na mesma noite também apresenta-se a banda norte-americana de heavy prog Sunrunner.

Mais Informações:

www.maestrick.com.br

www.facebook.com/maestrick

www.somdodarma.com.br

MAYHEM: show com “De Mysteriis Dom Sathanas” na íntegra no Rio de Janeiro.

mayhem RJ

Uma das bandas mais emblemáticas do Black metal mundial, o MAYHEM, retorna ao Brasil em Outubro, e dessa vez a cidade do Rio de Janeiro não ficará de fora, já que a banda confirmou sua ida no dia 08/10, no Teatro Odisséia (veja serviço abaixo!). E o show será mais que especial, já que os noruegueses vão tocar na íntegra o polêmico “De Mysteriis Dom Sathanas”, lançado há 22 anos atrás e dos divisores no termo Black metal já que após ele – que possui toda uma mística com um enredo bizarro envolvendo os integrantes – o gênero nunca mais foi o mesmo.

 A formação atual, traz além do vocalista Attila e do baterista Hellhammer, Necrobutcher (Jørn Stubberud, baixo, e um dos fundadores da banda, que esteve fora apenas do “De Mysteriis…”), Teloch (Morten Bergeton Iversen, guitarra) e Charles Hedger (guitarra)l

 Veja um pequeno teaser dessa tour, que terá pouquíssimos shows:

https://www.facebook.com/mayhemofficial/videos/vb.140287946026862/993806444008337/?type=2&theater&notif_t=like&notif_id=1467990633756929

Siga a página do evento no Facebook e obtenha informações sobre pontos de venda de ingressos etc:

https://www.facebook.com/events/1136340749757348/?active_tab=highlights

Ingressos online: http://www.sympla.com.br/

MUDDY BROTHERS: leva psicodelia a SÃO PAULO.

13528286_1106364106103508_3598058616295923678_o

Os capixabas do MUDDY BROTHERS resgatam o psicodelismo e toda a hipnótica aura dos anos 70 em “Facing the Sky (Backwards)”, o segundo álbum da ainda curta carreira da banda, que excursiona desde junho por alguns estados do Sudeste e Sul do país apresentando o novo trabalho e conhecidas canções do debut “Handmade” e do EP “Seasick” na bagagem. Neste sábado, 9 de julho, a Abraxas Produtora organiza a ida dos magos do vintage rock ao Inferno Club, em São Paulo, na companhia das bandas Almirante Shiva (Brasília), The Galo Power (Goiânia) e a local Grindhouse Hotel.

 SERVIÇO:

Muddy Brothers + Almirante Shiva + The Galo Power + Grindhouse Hotel.

Dia: 9 de julho

Horário: 17 horas

Local: São Paulo/SP, no Inferno Club (rua Augusta, 501, Consolação)

Ingresso: R$ 15 (nome próprio e de amigos no mural do evento no facebook) e R$ 20 (sem nome).

Informações: (11) 3120-4140.

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/833973693370963     LEIA MAIS

DORSAL ATLÂNTICA: documentário sobre a banda disponível.

570180

Já com quase 35 anos desde seu surgimento a história da DORSAL ATLÂNTICA e sua fundamental importância no início do som pesado brasileiro. Sua fidelidade e versatilidade dentro do Thrash/Crossover, dos quais ajudaram a solidificar as bases em nosso país, foi mostrada através de um história de garra e luta no underground nacional que concretizou nove álbuns de estúdio. Mesmo que o livro “Guerrilha – a história da Dorsal Atlântica” tenha sido uma das grandes obras que relatam o nosso cenário underground, ainda faltava que algo mais abrangente sobre tudo o que envolve a importância da banda fosse relatada por figuras diversas da cena. E é exatamente disso que trata o documentário em DVD duplo, “Guerrilha – a trajetória da Dorsal Atlântica”, custeado por meio de uma campanha de financiamento coletivo bem sucedida, da qual participaram principalmente os fãs. Em Junho de 2016, com quase três anos de atraso o DVD finalmente está disponível e foi também enviado aos colaboradores da campanha, que foram ainda compensados com o CD single O retrato de Dorian Gray, contendo a musica homônima/inédita e uma regravação da clássica Guerrilha. O documentário é bem estruturado, constituindo-se de uma linha cronológica da história da banda, contada especialmente por seu líder, Carlos “Vândalo” Lopes, tendo interceptações de grandes nomes do Metal, punk e Hardcore nacional como João Gordo (RATOS DE PORÃO), Marcos Dantas (AZUL LIMÃO) e Max Cavalera e a participação de jornalistas e críticos de importantes mídias especializadas no Brasil como a ROCK BRIGADE e ROADIE CREW. Também há a participação de ex-membros como os dois ex-bateristas Marcos Animal e Guga Távora contando sobre seus tempos na banda. No segundo DVD ‘making of’ do álbum 2012 no mini-documentário MMXI é apresentado de forma bastante interessante e clara sobre a interação da formação clássica (Carlos-vocal e guitarra, Cláudio Lopes-baixo e Hardcore-bateria) durante sua composição. Além disso, foram incluídos todos os clipes lançados pela banda, inclusive o mais recente para a música Stalingrado de 2012, e shows históricos como o do “Ginástico” em Belo Horizonte em 1986 e o do “Monsters of Rock 1998”.  Não bastasse todo esse rico conteúdo, os DVDs vêm embalados num livreto muito legal com os envolvidos na produção discorrendo sobre todo o processo de gravação. Que mais documentários assim sejam feitos sobre a nossa rica cena metálica brasileira.

Por Écio Souza Diniz

PAUL DI’ANNO: diagnosticado com câncer.

pauldianno

Uma infeliz notícia cerca agora os fãs do lendário, polêmico e irreverente PAUL DI’ANNO, ex-vocalista do IRON MAIDEN em seus dois primeiros álbuns (Iron Maiden e Killers).  O vocalista vinha já apresentando problemas de saúde no decorrer dos anos como os já conhecidos no joelho e quadril. Mas recentemente, após vir se apresentando sob cadeira de rodas em seus shows e ter cancelado sua turnê histórica ao lado de BLAZE BAYLEY (também ex-vocalista do IRON MAIDEN) pelo Brasil, ele passou aproximadamente dois meses num hospital britânico. O diagnóstico recebido foi correspondente a um câncer no sistema linfático. As notícias que correm é que ele vem sendo bem tratado, contudo um progresso em sua melhora ainda é incerto.

Fonte: www.ironmaidenbrasil.com.br

SP METAL REVIVAL

1467722126

As duas edições da coletânea “SP Metal”, lançadas pela gravadora Baratos Afins, tornaram-se um marco na história do Heavy Metal brasileiro. A primeira, gravada entre agosto e setembro de 1984 e lançada meses depois, trazia o SALÁRIO MÍNIMO, CENTÚRIAS, VÍRUS e AVENGER. O volume dois, que saiu em 1985, contava com o KORZUS, ABUTRE, PERFORMANCES e SANTUÁRIO. Agora, o Manifesto Bar fará mais uma celebração com os pioneiros do som pesado com o “SP Metal Revival”, que reunirá as bandas SALÁRIO MÍNIMO, ABUTRE e VÍRUS. Os ingressos para o evento, que será realizado no dia 6 de agosto, a partir das 17h, já estão à venda.

Bandas: Salário Mínimo, Abutre e Vírus
Data: 06 de agosto (sábado)
Horário: 17h / Início dos shows: 18h
Promoção: Double Caipirinha
Playlist: Ricardo Batalha (Roadie Crew)
Ingresso antecipado: R$ 20, à venda no Manifesto Bar (sem taxa de conveniência) / online através da Ticket Brasil em: http://www.ticketbrasil.com.br.

Ingresso no dia: R$ 30

 

FRANCA METAL FEST 2016

1464199126_01

Bandas confirmadas:

Torture Squad(Death Thrash), São Paulo-SP
Funeratus(Death Metal), Mococa-SP
Descerebration(Death Metal), Varginha-MG
Havok 666(Death Metal), Salto-SP
Evil Dead(Heavy Metal), Avaré-SP
Human Atrocity(Death Metal), Brasília-DF
Tormenta(Thrash Metal), Ribeirão Preto-SP
Conquistadores(Speed Metal), Osasco-SP
Wicked Hell(Thrash Metal), Jaboticabal-SP
Mork Visdom(Black Metal), São Paulo-SP
Murmur(Black Metal), Birigui-SP

Local: Espaço Lagoa, Avenida Manoel Jacitho Neto, 7900, Franca-SP

Data: 06 de Agosto 2016 / Horário: 14:00

Ingressos: Promocional 40,00 reais, adiantado 50,00 reais e na portaria 60,00 reais.

 

 

Mais informações: https://www.facebook.com/events/569173603240605/

Underground Noise Fest

13450872_647974485354509_6152168960071275737_n

CORPSE GRINDER – Death metal (Machado-MG) / HARPAGO – Heavy speed metal (São Paulo-SP) / VÍTIMAS DA MISÉRIA – Anarcometalpunk (Itaúna-MG) / EMBALMED ALIVE – Death splatter (Sete Lagoas-MG)

Local: Opinião Pub, Av. Antônio Olinto, 1144 – Centro, Sete Lagoas – MG
Data: 17 de julho de 2016, Domingo
Horário: 15:00
Entrada: R$ 7,00

Mais informações: https://www.facebook.com/events/1717218545207103/

 

BLACKNING – Alienation

blackning-alienation1-0ca15198f3903eafbb14649859604755-480-0

Bem diz a velha máxima: “talento não se compra”. A banda paulista BLACKNING formada por Francisco Stanich (ex-WOSLOM) no baixo, Cleber Orsioli (ex-ANDRALLS) nas guitarras e vocal, e Elvis Santos (ex-POSTWAR) na bateria comprova isso com força descomunal neste segundo álbum em menos de dois anos do lançamento de seu debut, Order of chaos (2014). Mas o que há de tão especial assim? O simples fato de terem aqui proporcionado músicas com dinâmica heterogênea, saindo da mesmice que muitas bandas adentram, peso e rispidez, técnica e doses cavalares de feeling. Todo o cuidado tomado desde as composições em si e a produção, que caiu novamente na mão eficiente de Fabiano Penna (Rebaelliun), até a bela arte gráfica novamente a cargo do artista Marcus Zerma da Black Pague Design, é digno de atenção. A embalagem em um formato digipack de altíssima qualidade fecha o capote sem faltar nada. É impressionante o arrastão sonoro que já entra pelos falantes na execução da tríade inicial: Street justice, Thru the eyes e Mechanical minds. Com certeza, essa trinca levantaria muitas rodas insanas de mosh nos shows. Durante todas as 10 músicas a única coisa que não há é pausa ou momentos “mais lentos”. Ainda se destacam Weapons of intolerance e as participações especiais com vocais adicionais de Andre Alves (Statues on Fire, Nitrominds, Musica Diablo) no petardo Corporation e Lohy Silveira (Rebaelliun) em Devil’s child. É ótimo estar sempre vendo surgirem nomes que tenham cacife pra levar o nome do Brasil nos palcos do Metal mundo afora, e o BLACKNING é um soldado mais do que qualificado para carregar esta bandeira. Nota: 9,5

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1- Street justice/ 2-Thru the eyes/ 3-Mechanical minds/ 4-Dark days/ 5- Weapons of intolerance/ 6- Dyed in blood/ 7- Devil’s child / 8-The rotten institution/ 9-Two-faced liar/ 10-Corporation

http://www.blackning.com/

 

TUATHA DE DANANN: relançamento do primeiro disco disponível.

td-2016-650x265

Os duendes mineiros do TUATHA DE DANANN agora em Junho de 2016 disponibilizaram para a venda em todo o país o relançamento de seu primeiro trabalho auto-intitulado, originalmente lançado em 1999 e é um dos clássicos absolutos do Folk metal brasileiro. O material é composto por um belíssimo CD digipack com uma nova e muito trabalhada nova versão da arte de capa baseada na original. Além disso, há 6 regravações contidas como bônus. Além deste relançamento a banda anunciou o lançamento de um novo EP para breve, sucedendo o excelente último álbum Dawn of a new sun (2015).

Ouça a regravação para Queen of the witches:

Para mais informações: http://www.tuathadedanann.art.br/

Contato e pedidos com a banda: contato@tuathadedanann.art.br

Página: https://www.facebook.com/Tuatha-de-Danann-212833082091117/?fref=ts

 

HAGBARD – Vortex to an Iron age

Hagbard - Vortex to an Iron Age cover artwork

Formada em 2010 na cidade mineira de Juiz de Fora, a HAGBARD é uma das propostas mais interessantes surgidas no Folk Metal nacional nos últimos anos.  Agora em 2016 eles chegaram com este segundo trabalho, mantendo a qualidade e minucia na produção de uma sonoridade rica em elementos sonoros, destacando a música europeia medieval, especialmente agora remetendo a cultura viking, agregados a grandes doses de peso típico do Metal Extremo.  Uma das características mais marcantes é o maior esmero nas harmonias e melodias, além de guitarras e bateria mais encorpadas, dando mais peso e clareza, e um contraponto muito bem feito entre vocais limpos e guturais. O trabalho de mixagem e masterização de Jerry Torstensson do Dead Dog Farm Studio, em Säffle (Suécia), mais uma vez proporcionou um excelente resultado. As passagens de violino, cortesia de Vinicius Faza Paiva e as vozes femininas de Lívia Kodato enriqueceram ainda mais o trabalho.  Embora, não seja uma sonoridade versátil a ponto de facilmente selecionar destaques, os melhores momentos começam logo depois de uma ótima introdução, dando sequência para a marcante e empolgante Never call the sage to drink in your home. Em Iron fleet commander há uma atmosfera mais cadenciada e densa e Last blazing ashes é um bela acústica e introspectiva canção. O peso e dinâmica mais rápidos retornam massivamente em Death dealer e Relic of the damned, sem dúvida a melhor música do álbum. Inner inquisition tem um perfeito equilíbrio entre seu grande peso e os vocais de Lívia e Shield wall encerra sendo a mais agressiva de todas. Sirva-se de uma excelente cerveja num fim de tarde com os amigos e ouça bem alto. Nota: 9,0

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Intro / 2- Never call the sage to drink in your home / 3-Brdige to a new era / 4- Into fleet commander /5-Last blazing ashes / 6-Death dealer /7-Relic of the damned/ 8-Inner inquisition/ 9-Deviant heather/ 10-Shield wall / 11-Outro

www.hagbardofficial.com

GREY WOLF – Glourious Death

cover_1400_300dpi

Os adoradores do bom e velho True Heavy metal podem celebrar, pois mais um grande lançamento do estilo no Brasil acaba de ocorrer. No mês de Junho de 2016 a banda GREY WOLF, formada em 2012 no município mineiro de Contagem na região de entorno da capital Belo Horizonte lançaram o seu terceiro álbum, Glourious Death.  Idealizada pelo baixista e vocalista Fabio Paulinelli e completada atualmente por Chris Maia (guitarra) e Weslley Victor (bateria), a banda oferece músicas potentes, cativantes e bem estruturadas que falam sobre mitologia, honra e batalhas épicas. Neste álbum, a produção desde a gravação à arte gráfica do encarte merece aplausos. Que os cumprimentos sejam dados à banda e Arthur Migotto (HAZY HAMLET) da Arthorium Records pelo trabalho minucioso e de alto nível. As passagens de teclado ficaram a cargo do convidado especial, o músico solo paulistano YURI FULONE, outra referência do estilo que vem se destacando no país nos últimos anos. A abertura a cargo da marcante The eyes of the Medusa lhe despertará logo aquele sentimento do Metal forjado no fogo dos anos 80.  A faixa-título tem passagens mais cadenciadas que lhe dão uma atmosfera épica, além de seus belos solos e duetos entre baixo e guitarra. Metal avenger é uma sucessão de riffs cortantes e viradas dinâmicas, especialmente da bateria que lhe prendará a atenção. O timbre de Paulinelli remete muito a linha de Chris Boltendahl (GRAVE DIGGER) e seu desempenho se destaca em faixas como The Barbarian e Warrior. A belíssima Cimmeria fecha dignamente o trabalho, contando com a ótima participação de Arthur Migotto. Tudo o que aqui foi dito pode parecer demasiadamente exagerado, mas acredite você está diante de um dos melhores lançamentos do ano. Nota: 9,0

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Wrath of the Gods / 2-The eyes of the Medusa / 3-Glorious death / 4- Metal avenger /5-The axe will rule the kingdom (King Kull part II) / 6-The barbarian /7-Conan the liberator / 8-Warrior / 9-Red Sonja / 10-Cimmeria

Mais informações: https://www.facebook.com/greywolfmetal/?fref=ts

Para adquirir o CD: www.arthorium.com

THORHAMMERFEST 2016 10ª edição.

1460368062

A Banda sueca de Viking Metal KING OF ASGARD será o headliner da edição, junto com BUCOVINA da Romênia (Folk Metal), e as nacionais MYTHOLOGICAL COLD TOWERS (Epic Doom Metal), IRON WOODS (Pagan Metal), GREAT VAST FOREST (Pagan Black Metal) e ARTHANUS (Viking Death Metal).

Artefatos, merchandising, hidromel, chopp artesanal, cervejas variadas e lanches.

Dia: 07 de Setembro (qua) – feriado nacional

Local: Clube Piratininga – Al. Barros, 376 em Sta. Cecília -S.Paulo/SP.

Ingressos: Paranoid e Mutilation na Galeria do Rock/SP e site da Ticket Brasil

http://www.thorhammerfest.com.br

Ingressos:
Pista 1º lote (limitado) = R$70,00
Pista 2º lote = R$100,00
Camarote* 1º lote = R$90,00
Camarote* 2º lote = R$120,00

Combo Camarote* 1º lote (limitado) – “Camarote + Camiseta Thorhammerfest 2016 + Pagan Beer 355ml” = R$120,00

https://ticketbrasil.com.br/festival/3375-thorhammerfest-sp/

XI PASSOS BRUTAL METALFEST

PASSOS

Atrações: Cadaverizer, Sinfonia Soberba, Corpse Grinder, Wicked Hell, The Family Ghost (King Diamond/Mercyful Fate cover),
Quando: 25 de junho
Endereço: Avenida Juca Stockler, 1245, Passos – MG
Horário: 19:00 horas

Ingressos (valores):
Promocional antecipado – R$ 20,00
Demais lotes – R$ 25,00 (Portaria)

Vendas:
Angra Rock´N´Roll

Informações extras:
Proibida o consumo e venda de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos. Obrigatório a apresentação de documento de identidade no local do evento.

Mais informações: https://www.facebook.com/passosbrutal.metalfest

MOTORGUN: lança 1º álbum por selo Norte-americano.

Macumbazilla-Promo-2016s

Os cariocas do MOTORGUN dão um passo significante em sua carreira ao assinar com o selo norte americano Grooveyard. Com o contrato a banda lança o seu primeiro full lenght álbum no dia 1º de Julho. No Brasil, o álbum (importado) estará disponível depois do dia 20.07 no site da banda: www.MOTORGUNband.com

As composições do álbum são assinadas pela própria banda, exceto por duas faixas que contaram com a colaboração dos amigos e parceiros Gus Monsanto e Lucky Leminski. O álbum foi gravado nos estúdios Meier e Kolera por Rodrigo Gavião e Celo Oliveira, mixado por Celo Oliveira, e masterizado no Pro Tone Sonic Mastering (USA).

Confira neste link o teaser do novo álbum: https://www.youtube.com/watch?v=DaPO9keNR-M    LEIA MAIS

AFFRONT: nova banda de Thrash/Death Metal com músicos do UNEARTHLY.

AFFRONTFOTO

A banda AFFRONT acaba de liberar a música ‘Under Siege’. O trabalho foi gravado no estúdio Wernekks, mixado e masterizado por Daniel Escobar e produzido por M.Mictian & R.Rassan.  O AFFRONT é formado pelo fundador e baixista da lendária banda UNEARTHLY, M. Mictian (que aqui também assume os vocais) e de seu companheiro de banda, o guitarrista R. Rassan (que também já tocou em bandas como Imago Mortis e Ainur). Completando o lineup, o baterista Jedy Najay, mais um prodígio encontrado por Mictian em suas andanças pelo Metal.

Para conferir no YouTube:

https://www.youtube.com/watch?v=bpFmOYe5S28

Mais informações:
https://www.facebook.com/Affront-113443789050306/

Resenha: Roça and Roll: 18ª edição (2016): Varginha-MG.

Por Vinnie Bressan e Écio Souza Diniz / Fotos: Paty Freitas

Amorphis-Roça2016 (34)

AMORPHIS

Dezoito anos. É oficial: o Roça ‘n’Roll já pode ser preso! E o PÓLVORA ZINE estava lá, para conferir e registrar esse momento emblemático da história do Festival, agora maior de idade.  Antes de qualquer outra coisa, é preciso situar: cruzando variáveis como estrutura, longevidade, frequência da realização e quantidade de atrações, o Roça and Roll é seguramente um dos festivais mais importantes e representativos da música pesada em todas as suas vertentes no Brasil. É sabido que resistir no cenário atual é uma demonstração de coragem e uma prova de força, a resistência de quem rema contra a maré. Entretanto, se por um lado este fato nos faz temer pela manutenção do evento nos altos padrões em que ele já se firmou, por outro ressalta um de seus aspectos mais legais: a familiaridade. Ir ao Roça é a certeza de conhecer ou reencontrar membros de uma grande família, é a oportunidade de encontrar pessoalmente alguém com quem o seu contato pode até ser frequente, mas é apenas virtual. Uma família a qual pertencem fãs, produtores, músicos, blogueiros, colecionadores, aficionados, fanzineiros, críticos, roadies, curiosos e amigos, todos com pensamentos afins regados a muito Metal.   LEIA MAIS

HANGAR: novo álbum é destaque em revista alemã.

 

Hangar-Stronger-Than-Ever-1024x1024

A revista alemã Rock It! avaliou o novo álbum do HANGAR , “Stronger Than Ever”, e deu nota 8 (bem acima da média). Além disso, o novo disco da banda ficou entre o “TOP 10 Mensal” da revista alemã e a música “Reality is a Prison” participa do CD que acompanha a revista, o que é um grande feito para a banda.

Além disso, a banda gravou seu primeiro DVD elétrico no último dia 11 de junho, em Brusque (SC), no festival Rock na Praça. O evento foi um sucesso e contou com a presença em massa do público local, que lotou a praça durante boa parte do festival e principalmente no momento do show do HANGAR. A produtora Foggy Filmes, responsável pela gravação do DVD, divulgou um pequeno making of da viagem para Brusque (SC), com direção de Junior Carelli e Rudge Campos.

Veja making of: https://www.youtube.com/watch?v=K5_bTdgAFRU

Site Oficial – http://www.hangar.mus.br/
Facebook – https://www.facebook.com/officialhangar
Twitter – https://twitter.com/_hangar
Youtube – https://www.youtube.com/user/hangarofficial

 

NAPALM DEATH: nova turnê matadora no Brasil de 21 a 26 de Junho.

cartaz-napalm-tour

Após devastadora performance no Download Festival 2016 e já se preparando para incendiar o Hellfest, a banda inglesa NAPALM DEATH está prestes a desembarcar novamente no Brasil para uma importante série de apresentações.

A banda, um dos ícones da música extrema mundial, aportará no Brasil com a proposta literal de devastar as cidades de Limeira (21/06 – Bar da Montanha), Belo Horizonte (22/06 – A Autêntica), Rio de Janeiro (23/06 – Teatro Odisseia), Manaus (24/06 – Teatro Manauara), Curitiba (25/06 – Music Hall) e São Paulo (26/06 – Clash Club). Shows fazem parte da turnê promocional do poderoso 16º álbum de estúdio “Apex Predator – Easy Meat” pela América do Sul. Ainda há ingressos à venda para todas as cidades citadas. Confira nos links de serviços abaixo:

Links relacionados:
https://www.facebook.com/officialnapalmdeath/
https://www.facebook.com/liberationmcofficial/
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR/

Serviço São Paulo: https://www.facebook.com/events/100636930353668
Serviço Curitiba: https://www.facebook.com/events/232656127103845
Serviço Rio de Janeiro: https://www.facebook.com/events/278959822442957
Serviço Limeira: https://www.facebook.com/events/1061514047225602
Serviço Belo Horizonte: https://www.facebook.com/events/204292946630122
Serviço Manaus: https://www.facebook.com/events/137314540001669