SP METAL REVIVAL

1467722126

As duas edições da coletânea “SP Metal”, lançadas pela gravadora Baratos Afins, tornaram-se um marco na história do Heavy Metal brasileiro. A primeira, gravada entre agosto e setembro de 1984 e lançada meses depois, trazia o SALÁRIO MÍNIMO, CENTÚRIAS, VÍRUS e AVENGER. O volume dois, que saiu em 1985, contava com o KORZUS, ABUTRE, PERFORMANCES e SANTUÁRIO. Agora, o Manifesto Bar fará mais uma celebração com os pioneiros do som pesado com o “SP Metal Revival”, que reunirá as bandas SALÁRIO MÍNIMO, ABUTRE e VÍRUS. Os ingressos para o evento, que será realizado no dia 6 de agosto, a partir das 17h, já estão à venda.

Bandas: Salário Mínimo, Abutre e Vírus
Data: 06 de agosto (sábado)
Horário: 17h / Início dos shows: 18h
Promoção: Double Caipirinha
Playlist: Ricardo Batalha (Roadie Crew)
Ingresso antecipado: R$ 20, à venda no Manifesto Bar (sem taxa de conveniência) / online através da Ticket Brasil em: http://www.ticketbrasil.com.br.

Ingresso no dia: R$ 30

 

FRANCA METAL FEST 2016

1464199126_01

Bandas confirmadas:

Torture Squad(Death Thrash), São Paulo-SP
Funeratus(Death Metal), Mococa-SP
Descerebration(Death Metal), Varginha-MG
Havok 666(Death Metal), Salto-SP
Evil Dead(Heavy Metal), Avaré-SP
Human Atrocity(Death Metal), Brasília-DF
Tormenta(Thrash Metal), Ribeirão Preto-SP
Conquistadores(Speed Metal), Osasco-SP
Wicked Hell(Thrash Metal), Jaboticabal-SP
Mork Visdom(Black Metal), São Paulo-SP
Murmur(Black Metal), Birigui-SP

Local: Espaço Lagoa, Avenida Manoel Jacitho Neto, 7900, Franca-SP

Data: 06 de Agosto 2016 / Horário: 14:00

Ingressos: Promocional 40,00 reais, adiantado 50,00 reais e na portaria 60,00 reais.

 

 

Mais informações: https://www.facebook.com/events/569173603240605/

Underground Noise Fest

13450872_647974485354509_6152168960071275737_n

CORPSE GRINDER – Death metal (Machado-MG) / HARPAGO – Heavy speed metal (São Paulo-SP) / VÍTIMAS DA MISÉRIA – Anarcometalpunk (Itaúna-MG) / EMBALMED ALIVE – Death splatter (Sete Lagoas-MG)

Local: Opinião Pub, Av. Antônio Olinto, 1144 – Centro, Sete Lagoas – MG
Data: 17 de julho de 2016, Domingo
Horário: 15:00
Entrada: R$ 7,00

Mais informações: https://www.facebook.com/events/1717218545207103/

 

BLACKNING – Alienation

blackning-alienation1-0ca15198f3903eafbb14649859604755-480-0

Bem diz a velha máxima: “talento não se compra”. A banda paulista BLACKNING formada por Francisco Stanich (ex-WOSLOM) no baixo, Cleber Orsioli (ex-ANDRALLS) nas guitarras e vocal, e Elvis Santos (ex-POSTWAR) na bateria comprova isso com força descomunal neste segundo álbum em menos de dois anos do lançamento de seu debut, Order of chaos (2014). Mas o que há de tão especial assim? O simples fato de terem aqui proporcionado músicas com dinâmica heterogênea, saindo da mesmice que muitas bandas adentram, peso e rispidez, técnica e doses cavalares de feeling. Todo o cuidado tomado desde as composições em si e a produção, que caiu novamente na mão eficiente de Fabiano Penna (Rebaelliun), até a bela arte gráfica novamente a cargo do artista Marcus Zerma da Black Pague Design, é digno de atenção. A embalagem em um formato digipack de altíssima qualidade fecha o capote sem faltar nada. É impressionante o arrastão sonoro que já entra pelos falantes na execução da tríade inicial: Street justice, Thru the eyes e Mechanical minds. Com certeza, essa trinca levantaria muitas rodas insanas de mosh nos shows. Durante todas as 10 músicas a única coisa que não há é pausa ou momentos “mais lentos”. Ainda se destacam Weapons of intolerance e as participações especiais com vocais adicionais de Andre Alves (Statues on Fire, Nitrominds, Musica Diablo) no petardo Corporation e Lohy Silveira (Rebaelliun) em Devil’s child. É ótimo estar sempre vendo surgirem nomes que tenham cacife pra levar o nome do Brasil nos palcos do Metal mundo afora, e o BLACKNING é um soldado mais do que qualificado para carregar esta bandeira. Nota: 9,5

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1- Street justice/ 2-Thru the eyes/ 3-Mechanical minds/ 4-Dark days/ 5- Weapons of intolerance/ 6- Dyed in blood/ 7- Devil’s child / 8-The rotten institution/ 9-Two-faced liar/ 10-Corporation

http://www.blackning.com/

 

TUATHA DE DANANN: relançamento do primeiro disco disponível.

td-2016-650x265

Os duendes mineiros do TUATHA DE DANANN agora em Junho de 2016 disponibilizaram para a venda em todo o país o relançamento de seu primeiro trabalho auto-intitulado, originalmente lançado em 1999 e é um dos clássicos absolutos do Folk metal brasileiro. O material é composto por um belíssimo CD digipack com uma nova e muito trabalhada nova versão da arte de capa baseada na original. Além disso, há 6 regravações contidas como bônus. Além deste relançamento a banda anunciou o lançamento de um novo EP para breve, sucedendo o excelente último álbum Dawn of a new sun (2015).

Ouça a regravação para Queen of the witches:

Para mais informações: http://www.tuathadedanann.art.br/

Contato e pedidos com a banda: contato@tuathadedanann.art.br

Página: https://www.facebook.com/Tuatha-de-Danann-212833082091117/?fref=ts

 

HAGBARD – Vortex to an Iron age

Hagbard - Vortex to an Iron Age cover artwork

Formada em 2010 na cidade mineira de Juiz de Fora, a HAGBARD é uma das propostas mais interessantes surgidas no Folk Metal nacional nos últimos anos.  Agora em 2016 eles chegaram com este segundo trabalho, mantendo a qualidade e minucia na produção de uma sonoridade rica em elementos sonoros, destacando a música europeia medieval, especialmente agora remetendo a cultura viking, agregados a grandes doses de peso típico do Metal Extremo.  Uma das características mais marcantes é o maior esmero nas harmonias e melodias, além de guitarras e bateria mais encorpadas, dando mais peso e clareza, e um contraponto muito bem feito entre vocais limpos e guturais. O trabalho de mixagem e masterização de Jerry Torstensson do Dead Dog Farm Studio, em Säffle (Suécia), mais uma vez proporcionou um excelente resultado. As passagens de violino, cortesia de Vinicius Faza Paiva e as vozes femininas de Lívia Kodato enriqueceram ainda mais o trabalho.  Embora, não seja uma sonoridade versátil a ponto de facilmente selecionar destaques, os melhores momentos começam logo depois de uma ótima introdução, dando sequência para a marcante e empolgante Never call the sage to drink in your home. Em Iron fleet commander há uma atmosfera mais cadenciada e densa e Last blazing ashes é um bela acústica e introspectiva canção. O peso e dinâmica mais rápidos retornam massivamente em Death dealer e Relic of the damned, sem dúvida a melhor música do álbum. Inner inquisition tem um perfeito equilíbrio entre seu grande peso e os vocais de Lívia e Shield wall encerra sendo a mais agressiva de todas. Sirva-se de uma excelente cerveja num fim de tarde com os amigos e ouça bem alto. Nota: 9,0

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Intro / 2- Never call the sage to drink in your home / 3-Brdige to a new era / 4- Into fleet commander /5-Last blazing ashes / 6-Death dealer /7-Relic of the damned/ 8-Inner inquisition/ 9-Deviant heather/ 10-Shield wall / 11-Outro

www.hagbardofficial.com

GREY WOLF – Glourious Death

cover_1400_300dpi

Os adoradores do bom e velho True Heavy metal podem celebrar, pois mais um grande lançamento do estilo no Brasil acaba de ocorrer. No mês de Junho de 2016 a banda GREY WOLF, formada em 2012 no município mineiro de Contagem na região de entorno da capital Belo Horizonte lançaram o seu terceiro álbum, Glourious Death.  Idealizada pelo baixista e vocalista Fabio Paulinelli e completada atualmente por Chris Maia (guitarra) e Weslley Victor (bateria), a banda oferece músicas potentes, cativantes e bem estruturadas que falam sobre mitologia, honra e batalhas épicas. Neste álbum, a produção desde a gravação à arte gráfica do encarte merece aplausos. Que os cumprimentos sejam dados à banda e Arthur Migotto (HAZY HAMLET) da Arthorium Records pelo trabalho minucioso e de alto nível. As passagens de teclado ficaram a cargo do convidado especial, o músico solo paulistano YURI FULONE, outra referência do estilo que vem se destacando no país nos últimos anos. A abertura a cargo da marcante The eyes of the Medusa lhe despertará logo aquele sentimento do Metal forjado no fogo dos anos 80.  A faixa-título tem passagens mais cadenciadas que lhe dão uma atmosfera épica, além de seus belos solos e duetos entre baixo e guitarra. Metal avenger é uma sucessão de riffs cortantes e viradas dinâmicas, especialmente da bateria que lhe prendará a atenção. O timbre de Paulinelli remete muito a linha de Chris Boltendahl (GRAVE DIGGER) e seu desempenho se destaca em faixas como The Barbarian e Warrior. A belíssima Cimmeria fecha dignamente o trabalho, contando com a ótima participação de Arthur Migotto. Tudo o que aqui foi dito pode parecer demasiadamente exagerado, mas acredite você está diante de um dos melhores lançamentos do ano. Nota: 9,0

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Wrath of the Gods / 2-The eyes of the Medusa / 3-Glorious death / 4- Metal avenger /5-The axe will rule the kingdom (King Kull part II) / 6-The barbarian /7-Conan the liberator / 8-Warrior / 9-Red Sonja / 10-Cimmeria

Mais informações: https://www.facebook.com/greywolfmetal/?fref=ts

Para adquirir o CD: www.arthorium.com

THORHAMMERFEST 2016 10ª edição.

1460368062

A Banda sueca de Viking Metal KING OF ASGARD será o headliner da edição, junto com BUCOVINA da Romênia (Folk Metal), e as nacionais MYTHOLOGICAL COLD TOWERS (Epic Doom Metal), IRON WOODS (Pagan Metal), GREAT VAST FOREST (Pagan Black Metal) e ARTHANUS (Viking Death Metal).

Artefatos, merchandising, hidromel, chopp artesanal, cervejas variadas e lanches.

Dia: 07 de Setembro (qua) – feriado nacional

Local: Clube Piratininga – Al. Barros, 376 em Sta. Cecília -S.Paulo/SP.

Ingressos: Paranoid e Mutilation na Galeria do Rock/SP e site da Ticket Brasil

http://www.thorhammerfest.com.br

Ingressos:
Pista 1º lote (limitado) = R$70,00
Pista 2º lote = R$100,00
Camarote* 1º lote = R$90,00
Camarote* 2º lote = R$120,00

Combo Camarote* 1º lote (limitado) – “Camarote + Camiseta Thorhammerfest 2016 + Pagan Beer 355ml” = R$120,00

https://ticketbrasil.com.br/festival/3375-thorhammerfest-sp/

XI PASSOS BRUTAL METALFEST

PASSOS

Atrações: Cadaverizer, Sinfonia Soberba, Corpse Grinder, Wicked Hell, The Family Ghost (King Diamond/Mercyful Fate cover),
Quando: 25 de junho
Endereço: Avenida Juca Stockler, 1245, Passos – MG
Horário: 19:00 horas

Ingressos (valores):
Promocional antecipado – R$ 20,00
Demais lotes – R$ 25,00 (Portaria)

Vendas:
Angra Rock´N´Roll

Informações extras:
Proibida o consumo e venda de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos. Obrigatório a apresentação de documento de identidade no local do evento.

Mais informações: https://www.facebook.com/passosbrutal.metalfest

MOTORGUN: lança 1º álbum por selo Norte-americano.

Macumbazilla-Promo-2016s

Os cariocas do MOTORGUN dão um passo significante em sua carreira ao assinar com o selo norte americano Grooveyard. Com o contrato a banda lança o seu primeiro full lenght álbum no dia 1º de Julho. No Brasil, o álbum (importado) estará disponível depois do dia 20.07 no site da banda: www.MOTORGUNband.com

As composições do álbum são assinadas pela própria banda, exceto por duas faixas que contaram com a colaboração dos amigos e parceiros Gus Monsanto e Lucky Leminski. O álbum foi gravado nos estúdios Meier e Kolera por Rodrigo Gavião e Celo Oliveira, mixado por Celo Oliveira, e masterizado no Pro Tone Sonic Mastering (USA).

Confira neste link o teaser do novo álbum: https://www.youtube.com/watch?v=DaPO9keNR-M    LEIA MAIS

AFFRONT: nova banda de Thrash/Death Metal com músicos do UNEARTHLY.

AFFRONTFOTO

A banda AFFRONT acaba de liberar a música ‘Under Siege’. O trabalho foi gravado no estúdio Wernekks, mixado e masterizado por Daniel Escobar e produzido por M.Mictian & R.Rassan.  O AFFRONT é formado pelo fundador e baixista da lendária banda UNEARTHLY, M. Mictian (que aqui também assume os vocais) e de seu companheiro de banda, o guitarrista R. Rassan (que também já tocou em bandas como Imago Mortis e Ainur). Completando o lineup, o baterista Jedy Najay, mais um prodígio encontrado por Mictian em suas andanças pelo Metal.

Para conferir no YouTube:

https://www.youtube.com/watch?v=bpFmOYe5S28

Mais informações:
https://www.facebook.com/Affront-113443789050306/

Resenha: Roça and Roll: 18ª edição (2016): Varginha-MG.

Por Vinnie Bressan e Écio Souza Diniz / Fotos: Paty Freitas

Amorphis-Roça2016 (34)

AMORPHIS

Dezoito anos. É oficial: o Roça ‘n’Roll já pode ser preso! E o PÓLVORA ZINE estava lá, para conferir e registrar esse momento emblemático da história do Festival, agora maior de idade.  Antes de qualquer outra coisa, é preciso situar: cruzando variáveis como estrutura, longevidade, frequência da realização e quantidade de atrações, o Roça and Roll é seguramente um dos festivais mais importantes e representativos da música pesada em todas as suas vertentes no Brasil. É sabido que resistir no cenário atual é uma demonstração de coragem e uma prova de força, a resistência de quem rema contra a maré. Entretanto, se por um lado este fato nos faz temer pela manutenção do evento nos altos padrões em que ele já se firmou, por outro ressalta um de seus aspectos mais legais: a familiaridade. Ir ao Roça é a certeza de conhecer ou reencontrar membros de uma grande família, é a oportunidade de encontrar pessoalmente alguém com quem o seu contato pode até ser frequente, mas é apenas virtual. Uma família a qual pertencem fãs, produtores, músicos, blogueiros, colecionadores, aficionados, fanzineiros, críticos, roadies, curiosos e amigos, todos com pensamentos afins regados a muito Metal.   LEIA MAIS

HANGAR: novo álbum é destaque em revista alemã.

 

Hangar-Stronger-Than-Ever-1024x1024

A revista alemã Rock It! avaliou o novo álbum do HANGAR , “Stronger Than Ever”, e deu nota 8 (bem acima da média). Além disso, o novo disco da banda ficou entre o “TOP 10 Mensal” da revista alemã e a música “Reality is a Prison” participa do CD que acompanha a revista, o que é um grande feito para a banda.

Além disso, a banda gravou seu primeiro DVD elétrico no último dia 11 de junho, em Brusque (SC), no festival Rock na Praça. O evento foi um sucesso e contou com a presença em massa do público local, que lotou a praça durante boa parte do festival e principalmente no momento do show do HANGAR. A produtora Foggy Filmes, responsável pela gravação do DVD, divulgou um pequeno making of da viagem para Brusque (SC), com direção de Junior Carelli e Rudge Campos.

Veja making of: https://www.youtube.com/watch?v=K5_bTdgAFRU

Site Oficial – http://www.hangar.mus.br/
Facebook – https://www.facebook.com/officialhangar
Twitter – https://twitter.com/_hangar
Youtube – https://www.youtube.com/user/hangarofficial

 

NAPALM DEATH: nova turnê matadora no Brasil de 21 a 26 de Junho.

cartaz-napalm-tour

Após devastadora performance no Download Festival 2016 e já se preparando para incendiar o Hellfest, a banda inglesa NAPALM DEATH está prestes a desembarcar novamente no Brasil para uma importante série de apresentações.

A banda, um dos ícones da música extrema mundial, aportará no Brasil com a proposta literal de devastar as cidades de Limeira (21/06 – Bar da Montanha), Belo Horizonte (22/06 – A Autêntica), Rio de Janeiro (23/06 – Teatro Odisseia), Manaus (24/06 – Teatro Manauara), Curitiba (25/06 – Music Hall) e São Paulo (26/06 – Clash Club). Shows fazem parte da turnê promocional do poderoso 16º álbum de estúdio “Apex Predator – Easy Meat” pela América do Sul. Ainda há ingressos à venda para todas as cidades citadas. Confira nos links de serviços abaixo:

Links relacionados:
https://www.facebook.com/officialnapalmdeath/
https://www.facebook.com/liberationmcofficial/
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR/

Serviço São Paulo: https://www.facebook.com/events/100636930353668
Serviço Curitiba: https://www.facebook.com/events/232656127103845
Serviço Rio de Janeiro: https://www.facebook.com/events/278959822442957
Serviço Limeira: https://www.facebook.com/events/1061514047225602
Serviço Belo Horizonte: https://www.facebook.com/events/204292946630122
Serviço Manaus: https://www.facebook.com/events/137314540001669

LOBOTOMIA: ressurge com ‘sangue nos olhos’ em novo disco!

lobotomia 2016

Em seu novo álbum, “Desastre”, o LOBOTOMIA retoma a fúria dos primeiros trabalhos. Lançado recentemente pelo selo Vingança Music, “Desastre” mostra um LOBOTOMIA ainda mais furioso. A banda sempre foi sinônimo de agressividade, e nessa nova fase, cria a fiel continuação dos clássicos “Lobotomia” (1986) e “Nada É Como Parece” (1989). 30 anos exatos após seu disco de estreia, em “Desastre” a banda mostra que ainda tem muito ódio correndo nas veias, com seu crossover visceral, que agradará em cheio aos fãs do Punk/Hardcore e ao mesmo tempo a galera do Metal, uma vez que velocidade e peso se encontram em abundância em seu som.
“Desastre” traz 10 músicas violentíssimas, num digipack bem caprichado, e já pode ser encontrado na Galeria do Rock, em São Paulo (para quem é de fora, também pode ser adquirido nas lojas que fazem vendas online), ou diretamente com a banda.  LEIA MAIS

BLUE MAMMOTH – Stories of a king

13091913_1003064559763270_2971350095658796024_n

Finalmente o BLUE MAMMOTH chega ao seu segundo álbum após o ótimo debut Blue mammoth (2011). Atualmente composta por Andre Micheli (teclado e vocal), Julian Quilodran (baixo, violoncelo, flauta e backing vocals), Vinicius Dantas (guitarra e backing vocals) e Thiago Meyer (bateria, percussão e backing vocals) a banda mais uma vez oferece um rico e cativante Rock progressivo. O interessante é que Stories of a king foi basicamente composto na mesma época do primeiro álbum, mas mesmo sendo desta forma uma continuação ele soa mais evoluído e maduro, repleto de momentos que o levam uma envolvente e profunda introspecção construída por uma dinâmica eficiente das músicas. De fato, o trabalho é conceitual e trata da saga espiritual de um homem, o que realça o motivo das músicas girarem em torno da citada atmosfera mais introspectiva e melancólica. As influências clássicas de YES, GENESIS, URIAH HEEP, JETHRO TULL e RUSH continuam notáveis, mas com uma roupagem mais atual que é uma das características do BLUE MAMMOTH. Outras características marcantes no decorrer do álbum são as bases marcantes, improviso e refrãos cativantes. Na abertura The endless road exibe um ótimo contraste entre melodia e riffs poderosos. Em Lonely fight se encontra belíssimas bases remetentes a teclado órgão e ótimo solo de Hammond e uma linha vocal que se encaixou perfeitamente, além de suas reviravoltas inesperadas, suaves e profundas. Flying free é uma overdose instrumental de técnica, peso, rapidez e cadencia, com excelentes solos de guitarra. Ainda se destacam o clima misterioso e apoteótico de The reign, os riffs rápidos e pesados e Wrong ways e a emocionante balada Waiting room. Sem dúvida, já figura entre os melhores lançamentos de 2016. Nota: 9,0

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-The endless road/ 2-Children’s fear/ 3-Lonely fight/ 4-Flying free/ 5-Nobody’s hero/ 6-Perfect dreams/ 7-The reing/ 8-Reflections of death/ 9-Wrong ways/ 10-Waiting room

2DEDO – Between cosmos and hell

12742148_976942955725004_8645248726351695708_n

O 2DEDO surgiu no ano de 2013 em Mariana (MG) e atualmente composto por Christiano Dedo (vocal), Zé Lobo Dedo (guitarra e teremim), Fabiano Dedo (baixo e backing vocal) e Duillian Dedo (bateria) mostram neste primeiro registro músicas inspiradas e de qualidade. A sonoridade de uma forma geral remete a elementos do Doom clássico de bandas como SAINT VITUS e TROUBLE, além de uma grande e marcante influência de BLACK SABBATH, e também gira em torno do Space Rock, cujas influências mais notórias que vem a mente são UFO, GRAND FUNK RAILROAD e BLUE OYSTER CULT. A gravação ficou bem lapidada e os instrumentos estão bem timbrados, o que realça ainda mais o produto final. O vocal de Christiano segue uma interessante linha mais Doom e tem bastante potencial, precisando apenas ser um pouco mais homogêneo em sua execução. No set list, Red boy abre com boas bases e riffs mais cadenciados e uma mudança de andamento para algo mais progressivo que ficou interessante, Corrupted by devil  possui bases mais pesadas e rápidas, Rise and fall of Pipi Clown possui uma pegada mais Hard/Prog com uma cozinha eficiente, Drugs from mars é a mais pesada com ótima dinâmica da bateria e instrumental e viajante When greys leave the sky encerra adequadamente o disco. Uma banda que tem futuro se continuar apostando certo no que fazem. Nota: 7,5

Por Écio Souza Diniz

Faixas: 1-Between cosmos and hell / 2-Red boy/ 3-Corrupted by devil/ 4-Rise and fall of pipi clown/ 5-Drugs from mars/ 6-Hangover of a kind/ 7-When greys leave the sky

DESALMADO/HOMICIDE – In Grind we trust

Desalmado - Homicide

Eis aqui mais um ótimo lançamento do Grindcore nacional com duas expressivas bandas desta cena na última década. Os paulistanos do DESALMADO e os catarinenses do HOMICIDE despejam decibéis de porrada sonora direta na cara, sem firulas e envoltas por ideologias Niilistas. O produto final deste Split tanto em gravação quanto arte gráfica do encarte complementaram as faixas que falam por si próprias. O DESALMADO pratica aqui um Grind bem ácido, destacando riffs cortantes e um vocal gutural urrado e mais agudo. Além disso, percebe-se uma influência de CARCASS dos primórdios em algumas faixas como Hidra, com suas passagens mais cadenciadas, e Em ruínas, um escarro sobre ditadura e fascismo. Outro destaque é Diáspora, rápida e fulminante. O HOMICIDE já pratica um Grind mais brutal no seu formato mais usual, unindo bases rápidas e insanas a uma mescla de vocal gutural e vomitado, o que já notado logo de cara na entrada com Ilusão idiótica, seguida por Vosso líder. Dentre as influências mais marcantes que podem vir da audição estão DISRUPT, AGATHOCLES e NAPALM DEATH. Causa e efeito é um poço de fúria incontida sobre a alienação social e o futuro do ser humano, e From reality to dust ainda vai além em termos de agressividade. Corra atrás e adquira sem medo de errar. Nota: 8,5

Por Écio Souza Diniz

Faixas: DESALMADO: 1-A ordem dos porcos/ 2-O pavor do Estado/ 3-Hidra/ 4-Em ruínas/ 5-Eternidade do medo/ 6-Diáspora/ 7-Ilusão idiótica/ 8-Vosso líder/ 9-Contra o tempo/ 10-Estado terminal/ 11-From reality to dust/ 12-Stupid

http://blackholeprods.com/pt

MASKER: nova banda promissora do Metal de Recife!

13418768_1117203351684238_2178308868528659689_n

MASKER é uma banda de Heavy Metal nascida em Recife, no ano de 2016 e tem a intenção de trabalhar as diversas vertentes do estilo, jamais ficando engessada a uma vertente específica. Suas composições remetem ao Power Metal, Heavy Metal Tradicional, Hard Rock, dentre outros. A MASKER foi formada pelos membros da banda de Progressive Metal ‘Lethal Rising’: Adriano Forte e Marco Melo, que juntos buscavam criar músicas mais retas enveredando pelo Metal Melódico. Juntos iniciaram as composições e posteriormente convidaram o baterista Douglas Brito (ex-Port Royal) e o guitarrista Alejandro Flores (Inner Demons Rise) e logo em seguida foi adicionado ao line up o baixista e amigo Caio Fernandes para fechar o grupo. Atualmente a banda se encontra em fase de gravação do seu primeiro e debut album, intitulado “Timeless disaster” e tem previsão de lançamento ainda para o ano de 2016. Ouça o single I’m not afraid abaixo.

Facebook: https://www.facebook.com/maskerofficial/?ref=ts&fref=ts

ROBERTINHO DE RECIFE: nomeado diretor do Polo Rio a ‘Hollywood brasileira’.

RR

O lendário guitarrista do Metalmania, Robertinho de Recife, foi nomeado diretor do Polo Rio, um dos maiores complexos de estúdios de cine & vídeo da América Latina, considerado a “Hollywood brasileira”, onde foram gravados, entre outros, as duas sequencias do filme Tropa de Elite. O Polo Rio fica entre a Barra da Tijuca e Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, próximo aos complexos de estúdios de emissoras como Globo e Record.

Veja o vídeo que mostra o complexo do Polo Rio:
https://youtu.be/lyajKzaQyD4
Enquanto planeja os próximos passos do Metalmania, foi lançada a nova camiseta da banda, que pode ser comprada no link abaixo:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-767637977-t-shirt-metalmania-_JM

Também será lançada a cerveja do Metalmania, que será em malte puro Pale Ale – em breve mais informações.
A banda está se preparando para cair na estrada – as datas dos shows serão divulgadas em breve – com a expectativa do anúncio de um grande show em São Paulo.

LEIA MAIS

WARRIORS OF THE RAINBOW: ótima estreia no Stoner Rock nacional.

13133103_936804156418940_6424708042253965451_n
A banda WARRIORS OF THE RAINBOW é um dos novos representantes do Stoner Rock brasileiro e acabam de lançar seu primeiro álbum no formato faixa por faixa. Formada em julho de 2014 pelo baixista Rodrigo Nunes (ex-Drowned, Eminence, Preceptor e atual Hellcome) e pelo vocalista Rodrigo Fonseca (Hellcome), a banda aposta nas inovações tecnológicas para produzir músicas de qualidade com a filosofia do “faça você mesmo”. Todo o trabalho de composição é feito através de troca de arquivos por e-mail e todas as gravações, mixagens e masterizações são produzidas em home studios através de aplicativos do Ipad e alguns outros programas auxiliares. Como membros fixos, apenas Rodrigo Nunes (guitarra, baixo e bateria) e Rodrigo Fonseca (voz). O trabalho é lançado faixa por faixa, sem a pressa habitual que costuma cercar as produções musicais. Até o momento, são seis faixas disponíveis gratuitamente para audição: Guilty Inside, Bills to Pay (esta com a participação de Dimitri Brandi, guitarrista da banda paulista PSYCHOTIC EYES), White Man´s Death, My Kind, (Un)civilized e Far.

Ouça aqui: http://wotr.bandcamp.com/

Outras infos: https://www.facebook.com/warriorsoftherainbowband/?fref=ts

ANMOD: “Inner Upheavals” disponível.

12400812_929750647109959_5151160283728109208_n

Está disponível o novo álbum dos Death/Grinders do ANMOD, com o título de Inner Upheavals é o 2o. álbum da banda. Formada pelos veteranos Hernan B. de Oliveira (baixo, ex-Fornication), Alex W. Antunes (guitarra, Eternal Sorrow, Deformed Slut) e Johnny R. R. (batera, ex-Flesh Grinder, Fornication).. Indicado para quem gosta de um som brutal, primitivo e com uma gravação que realça tais características. O trabalho foi lançado pela Terceiro Mundo Chaos Discos e está limitado em 500 CDs.

Mais a respeito da banda, incluindo músicas, pode ser conferido nos links:

Bandcamp (3 sons do álbum Inner Upheavals)
Facebook (Facebook oficial do Anmod)

LEIA MAIS

DARK WITCH: lyric video de música “To Valhalla We Ride”.

dark-witch_cover-800-90dpi

A banda santista de true heavy/power metal DARK WITCH está divulgando o lyric video para a música “To Valhalla We Ride”. A faixa integra o disco “The Circle of Blood” lançado no segundo semestre de 2015 pela Arthorium Records. O grupo foi fundado em 1999 e apresentou algumas demos e mudanças de formação até desacelerar em 2009. Aproveitando a deixa, em 2012 o vocalista Bil Martins foi recrutado pela banda HELLISH WAR, com quem ampliou sua experiência através de uma turnê pela Europa e a gravação de um álbum ao vivo na Alemanha. Integrante fundador, Bil então retomou as atividades com o DARK WITCH, que pôde finalizar as novas composições e registrá-las para seu debut full-length “The Circle of Blood”, atualmente em divulgação.

LEIA MAIS

BASTTARDOS – O último expresso

12294864_1182255101802727_1540110549579444194_n

O BASTTARDOS foi formado no Rio de Janeiro em 2010 e após e estreoum em bom estilo com o primeiro trabalho, Dois contra o mundo (2013). Agora, a banda composta por Alex Campos (guitarra e vocal), Bernardo Martins (bateria) e Terceiro Elemento (baixo) chega pra valer com seu segundo álbum, o EP O último expresso (2015). O que você encontrará aqui é Rock and Roll de qualidade, com uma dinâmica heterogênea bastante interessante e que prende a atenção do ouvinte. Afinal de contas, tão importante quanto ser muito bom para tocar algo é saber fazê-lo de forma prazerosa que deixe quem ouve envolvido com a música. E aqui eles fornecem tudo isso e muito mais por meio de músicas despojadas. O formato de um Rock básico e potente é algo que felizmente tem crescido novamente no Brasil e esses cariocas tem tudo para ser um dos bons destaques dessa nova safra. Os destaques ficam para as pesadas e rápidas Basttardos, com sua abertura num estilo ‘western’ e Licor de cereja e a bela Despertar do parto. Em suma, mescla equilibrada de Hard Rock, Southern e Alternativo com a crueza típica que na realidade é o que todos almejam: diversão. Adquira já o seu CD!

Faixas: 1. Basttardos / 2. Licor de Cereja / 3. Despertar do Parto/ 4. Exilados/5. Terceiro Elemento